AUTOR

A Cabine

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Alfarge”: Terra Chã lançam novo EP

9 Maio, 2022 - 14:26

O terceiro EP da dupla Terra Chã tem carimbo da Percebes.

A pré-estreia do novo EP de Terra Chã chegou até nós no final da semana passada. “Alfarge” é composto por quatro faixas: duas originais e dois remixes, estes assinados por Hélder Russo e por Moreno Ácido.

O novo trabalho é uma amostra do tipo de música que esta dupla baseada em Lisboa produz. Como recorda a Percebes, aliás, é um EP que representa o “sentido apurado da própria cultura” do duo, passando por “samples de fado” ou por “excertos de áudio de poetas e filósofos” portugueses, tudo envolvido num lançamento no qual se escuta influências downtempo e muito mais.

Terra Chã é a dupla formada pelo porto-santense Fabrizio Reinolds, nome apelidado como um “DJ eclético” pela própria label, e por Ricardo Fialho, um “produtor de música profissional” que é conhecido por projetos como Inversus. “Dupla Insularidade” foi o EP de estreia desta dupla e saiu em 2018, com carimbo da ZABRA. Já “Edhel”, editado pela Release/Sustain, data de 2020.

Curiosamente, esta não é a estreia do duo na Percebes, que este ano pôs também cá fora “Faíscas”, de Larry Quest, e “Contemplativo”, de AL:X. Em agosto do ano passado, a dupla de Reinolds e Fialho assinou Quem Sou Eu para a compilação “Produto Interno Bruto II”.

No próximo dia 20 deste mês, a dupla vai estar pelo Lux Frágil, em Lisboa, para um live act. Como é explicado no Facebook, “a ocasião celebra também o lançamento de um outro EP, autoria dos OITO/OITO, para o qual [fizeram] uma remistura. Naturalmente, será nessa atuação que serão também apresentados os temas que estão incluídos em ‘Alfarge’.”

5 de junho é a data oficial do lançamento, pelo que, para já, o disco só pode ser encontrado no Bandcamp.

Direitos de imagem reservados

Para os mais curiosos, estaremos no @luxfragil para um live no dia 20. A ocasião celebra também o lançamento de um outro EP, autoria dos @oitooito.timelessmovement , para o qual fizémos uma remistura. Naturalmente, será nessa actuação que também apresentaremos os temas que estão incluídos em “Alfarge”.

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p