AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Notícias

Às sextas, há ‘happy hours’ no Village Underground

17 Maio, 2019 - 12:05

De maio a julho, o Village Underground Lisboa organiza ‘happy hours’ à sexta-feira.

Com entrada livre, todas as sextas-feiras, das 18 às 23h, o Village Underground Lisboa é palco para Happy Hours “em parceria com diferentes promotores locais portugueses”. Na segunda e terceira semana de junho, esta série de festas acontece à quarta-feira, dias 12 e 19.

A primeira acontece já esta sexta-feira 17 com Benjamim (dj set), Pedro Ramos e Palm Trees num evento com curadoria da indiefrente. Dia 24, a Fungo- apresenta Mood: bored, com Tropic Noir (live), CVLT e Just Jaeckin a servir a música, Lucília Raimundo numa performance de dança intitulada Dança Para Péles e Lumiere Advanced a atuar como VJ. Já a 31, a Percebes leva Hélder Russo e Sheri Vari até o Village Underground, assim como organiza uma conversa, Discos Percebidos: Primeiro Falados, Depois Ouvidos, com Rui Miguel Abreu e outros convidados a anunciar.

O objetivo é apoiar a cultura local, dando-lhe “voz, espaço e oportunidades para se afirmar na cidade”, segundo comunicado. “Promotoras, editoras e produtoras emergentes ou estabelecidas da cidade” vão fazer a curadoria, juntamente com o Village Underground, desta “série de eventos descomprometidos para dançarmos depois do trabalho, jantarmos num autocarro ou esplanada, e/ou aproveitarmos o início de noite com boa música, intervenções artísticas e amizade ao ar livre”.

A organização deve revelar a programação para junho e julho brevemente.


Fotografia por Nash Does Work (cedida pela organização)

relacionados

Deixa um comentário

t

o

p