AUTOR

Rui Castro

CATEGORIA
Notícias

Disprove e Merikan no Village Underground Lisboa

14 Novembro, 2019 - 11:11

Dia 7 de dezembro, a Konnect e a Surveillance unem forças para trazer os dois italianos e para proporcionar a estreia do britânico Objectiv por terras lusas.

O alinhamento para a festa no Village Underground fica completo com um back-to-back inédito entre duas das entidades responsáveis por cada uma das promotoras envolvidas, Fragz da Surveillance e Vowel da Konnect, e ainda Blast, Rod G b2b KNWN e 4Real.

Depois de ter editado o mais recente trabalho da editora portuense Surveillance Music – o neurofunk minimal de Am I e ainda o future funk complexo e intrigante de Fool’s Paradise – Disprove vem agora a Portugal para promover este duplo single e mostrar o seu neurofunk tecnicista e preciso, que desde 2015 o tem estabelecido como um dos novos produtores a ter em consideração na cena drum’n’bass.

A ele junta-se o seu amigo Merikan (na fotografia). Em 2011, os dois italianos estudaram juntos num curso de produção na Point Blank em Londres, e aí surgiu uma relação de amizade que perdura até aos dias de hoje. Já editaram várias faixas em conjunto e têm em comum a presença em algumas das editoras mais reconhecidas do neurofunk como a Blackout, Methlab Recordings ou a Eatbrain. Com tantos pontos em comum, o que os distingue de forma clara é a intensidade da sua música, com Merikan a assumir uma vertente mais frenética, assente em pura adrenalina, enquanto que a sonoridade de Disprove é mais metódica e minimalista.

A Konnect refere que as suas noites “vão ter mais regularidade na capital e em todas haverá sempre muitas novidades e estreias”, sendo que desta vez calha a Objectiv a visita a Portugal pela primeira vez. O londrino já colaborou com Vowel na faixa Two For One para o VA “Lifestyle 100” da Lifestyle Music Uk, e aceitou o convite deste para visitar Portugal.

As promotoras anunciaram ainda que o Village Underground Lisboa “renovou recentemente o seu espaço, e uma das mudanças foi o update para a Lambda Soundsystem. Dentro das novidades do Village é que o recinto se tornou completamente independente, ou seja, que a entrada agora faz-se pela Avenida da Índia”

A pré-venda para o evento custa 10€, e pode ser adquirida aqui ou na Ticketline, enquanto que no dia, à porta, este valor subirá para os 12,50€.

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário



t

o

p