CATEGORIA
Lançamento, Notícias

Nazar edita EP “Territorial”

20 Novembro, 2020 - 16:33

Foi lançado na semana passada e reúne colaborações com A.K.Adrix e Citizen Boy, além de remisturas de Scratchclart, DJ ADAMM e Slikback.

Depois de “Supplies”, chega-nos outro curta-duração de Nazar, diretamente de Manchester. Chama-se “Territorial” e surge da “necessidade urgente de dar palco a talento sem filtros” da comunidade africana. Com o principal propósito de “gerar energia crua e sem restrições”, são seis faixas que unem os “filhos desta terra” (ou “omalã vo feka”, em Umbundu).

As pistas de dança podem ter parado, mas a vontade de “dobrar, impelir, cruzar e distorcer géneros e subgéneros musicais que compartilham o mesmo material genético” continua. A sondar a batida, os passos fazem-se livres e pesados entre rough kuduro ou gqom.

“Territorial” abre com a força de Clan e segue para African Sickos com Citizen Boy, que é depois reinventada por DJ ADAMM e Scratchclart. Entoa-se Omalã Vo Feka como um hino, numa colaboração entre Nazar e A.K.Adrix, que recentemente voltou a assinar pela Príncipe. A fechar o álbum está uma remistura da primeira faixa, da autoria de Slikback.

Em março, Nazar estreou-se nos longa-durações pela Hyperdub com “Guerrilla”, a partir do qual voltou a mostrar em que consiste o género cunhado pelo próprio, rough kuduro. Recentemente, havia também lançado o EP “Enclave”, que foi sucedido por “+244”.

A masterização é da ordem de Bruno Lobato e Marieke Bosma compôs a dimensão visual. Como de costume, está tudo disponível no Bandcamp.

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p