AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Notícias

Noisia anunciam fim do projeto

17 Setembro, 2019 - 18:10

O anúncio foi feito esta terça-feira nas redes sociais do trio holandês.

É verdade: os Noisia vão acabar. O ponto final do projeto chega em 2020, mas, antes disso, o trio “quer celebrar o 20º aniversário juntamente com todos os envolvidos”, com um último ano de “espetáculos, de Noisia Radio” e de música nova, na qual os holandeses têm vindo a trabalhar nos últimos tempos.

Na declaração publicada esta terça-feira, os Noisia explicam como “cresceram”, tanto como músicos como pessoas, e como hoje querem “coisas diferentes”. “Por isso”, acrescentam, decidiram que esta é a “escolha mais honrosa e respeitosa para encerrar este capítulo e começar o próximo”; afinal, o projeto “sempre foi sobre fazer poucos compromissos” e, “quando Noisia se torna um compromisso em si mesmo, é hora de seguir em frente”.

O trio refere ainda, entre outros pormenores, como este é “um jogo que completaram”, do qual “resta muito pouco para explorar em conjunto” – “Noisia é uma forma lindamente consolidada e queremos deixá-la nessa forma”. “O que o futuro nos reserva”, adianta o trio, “honestamente não sabemos”, mas vão continuar a trabalhar perto uns dos outros nos seus estúdios em Groningen.

Autores de faixas como Block Control, Diplodocus, End Game e Stigma, Nik Roos, Martijn Van Sonderen e Thijs De Vlieger fundaram o projeto em 2000. Com lançamentos em editoras como Shogun Audio ou Virus Recordings, os patrões da Vision e da Division – labels que vão permanecer ativas – já se aventuraram pelo breakbeat ou dubstep, mas foi com as suas produções (e DJ sets) de drum’n’bass, muitas vezes inclinado para o neurofunk, que se tornaram um fenómeno à escala mundial.

Direitos de imagem reservados (fotografia por Rutger Prins)

relacionados

Deixa um comentário


t

o

p