CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Too Old for this Shit”: o primeiro registo de Groove Horizon

11 Agosto, 2020 - 10:09

No seu primeiro lançamento, Groove Horizon traz duas versões de uma faixa de deep house em nome próprio.

Veterano na cabine, Groove Horizon estreia-se agora com “Too Old for this Shit”, onde explora as sonoridades do espectro do deep house com um toque progressivo. A faixa está disponível apenas em instrumental e também com vocal stabs para “transportar para aquele ‘back in the days’ feeling, com uma vibe meio assombrada, mas reconfortante”, conta-nos o DJ.

O projeto assenta na “incógnita” de Groove Horizon ser ou não “velho demais para entrar no mundo da produção musical”, ilustrada numa capa conseguida através do FaceApp. Nasceu de forma espontânea, maioritariamente a partir de “máquinas vintage da Roland”, culminando num tema “club friendly”.

“Gosto de acreditar que é o resultado de muitos anos a ouvir discos e frequentar festas com DJs e produtores a partilhar boas sonoridades”, confessa. Ainda assim, o sentimento é “agridoce” pois “não há pistas de dança abertas para fazer um test-drive a sério”.

É Rodrigo Baptista quem responde como Groove Horizon. Natural de Vizela, em Braga, afirmou-se como DJ enquanto estudava Engenharia da Computação na Holanda. Também produtor, passou de festas de Erasmus a discotecas sempre à procura daquilo que as pistas de dança lhe pediam. Por isso mesmo, diz não ser um “ditador de géneros musicais ou labels”, permitindo um fluxo livre e despojado que dê vida a uma história que a multidão queira ouvir.

Para setembro, estão previstas novidades do DJ, desta vez num “registo diferente”.

Para já, podes encontrar este projeto em todas as plataformas de streaming, com download gratuito disponível no Bandcamp.

Fotografia por Tiago Ribeiro

relacionados

Deixa um comentário



t

o

p