CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Gravações”: dez minutos da obra de Carlos Lopes

7 Abril, 2021 - 10:38

Com selo INFINITA.

Foi num passeio em Vila Nova de Foz Côa que Hugo Vinagre conheceu Carlos Lopes ao acaso. Desse acaso, resultou o 12.º lançamento da editora discográfica lisboeta INFINITA. “Gravações” é um EP póstumo composto por duas faixas de sensivelmente cinco minutos cada, nas quais Lopes explora livremente uma pluralidade de géneros.

Durante a breve passagem por Foz Côa, Carlos deu a conhecer ao patrão da INFINITA “parte do roteiro não turístico e os melhores sítios para pescar no Côa”, segundo lembra Hugo na nota de lançamento. Além da pesca, tinham também a música em comum. Lopes disse que tinha “um fascínio especial por registos de passados longínquos”, revelando depois fazer “música que vinha do passado com ferramentas do presente”.

“Falei-lhe do projeto INFINITA. Demonstrou interesse e ficou de me enviar algumas demos para ouvirmos”, explica Miguel Torga, um dos vários pseudónimos de Hugo Vinagre. “Nunca enviou”. Um ano e meio depois, de regresso à cidade, Torga resolveu ir à procura de Lopes. Bateu-lhe à porta e, sem resposta, entrou pelo quintal “na esperança de o encontrar a amanhar o peixe de alguma pescaria”.

Quem o recebeu foi Joana, irmã de Carlos, dando-lhe a notícia de que ele havia desaparecido. “Tinha saído há três meses para pescar e não tinha mais voltado”, tendo sido dado como morto pelas autoridades após quatro dias de buscas no rio Côa. Ao saber da conversa sobre a possível edição das músicas de Carlos, Joana levou Miguel Torga ao estúdio de gravação do irmão. “Procure por aqui e veja se encontra alguma coisa que lhe interesse”, disse-lhe.

Depois de horas passadas a ouvir cassetes das gravações de Carlos Lopes, Hugo Vinagre tinha encontrado “de tudo um pouco: dub, funk, disco, jazz, e até folk de Trás-os-Montes”. De todo o material, a INFINITA escolheu duas músicas para mostrar “um pouco da obra do desaparecido Carlos Lopes”. Com acesso livre, estão disponíveis no Bandcamp da label desde segunda-feira.

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p