AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Entropies and Mimetic Patterns”: está aí o primeiro disco a solo de Gustavo Costa

9 Julho, 2021 - 14:44

Disponível desde final de junho, o novo disco de Gustavo Costa é precisamente aquilo que se espera de um trabalho deste percussionista portuense.

É numa edição conjunta entre a sua associação Sonoscopia e a Lovers & Lollypops que Gustavo Costa apresenta “Entropies and Mimetic Patterns”, o seu primeiro álbum a solo com o instrumento que toca desde tenra idade, isto “após 30 anos de ligação intensa com o universo musical”.

Conforme se pode ler nas notas de lançamento, o baterista e percussionista assina um trabalho “surpreendente que nos dá a sensação de uma concentração paciente e meticulosa, como se toda a viagem [de Gustavo Costa] convergisse para aqui chegar”.

Estudante, professor e acima de tudo músico, entre tantos outros ofícios, Gustavo Costa é um “generoso impulsionador da música contemporânea e da arte sonora que é feita hoje em dia em Portugal”, pode ler-se nas mesmas notas. Ao longo da sua vida, já colaborou com nomes como John Zorn e já atuou ao lado de inúmeras bandas, do death metal ao free jazz.

Um dos temas deste novo disco, Circles and time I, teve direito a um vídeo realizado por Augusto Lado, como podes encontrar aqui.

Também pelo YouTube, podes encontrar a atuação de Gustavo Costa na edição online do Semibreve, que teve lugar no ano passado, ou até a estreia de Máquina Magnética, projeto que o percussionista partilha com Pedro Tudela, Miguel Carvalhais e Rodrigo Carvalho.

Ao longo deste mês, podes apanhar “Entropies and Mimetic Patterns” ao vivo em Aveiro (na VIC, dia 9), Coimbra (Salão Brazil, dia 10), Porto (Sonoscopia, dia 11) e até em Santiago de Compostela (no Colapsolexias, dia 28).

Disponível em CD, vinil e digital desde 28 de junho, o disco pode ser encontrado pelo Bandcamp. A capa é da autoria de Rui Pinheiro.

Fotografia por Rui Pinheiro

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p