CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Home”: MAF chegou a casa e assinou pela Monster Jinx

16 Julho, 2021 - 17:46

O primeiro álbum a solo do produtor saiu dia 9.

A 9 de julho, MAF deu som à vulnerabilidade e fez dela uma festa. Depois do single “F Word”, o produtor assina o primeiro longa-duração, “Home”, na Monster Jinx.

“Embora este trabalho tenha apenas uma participação — acompanhado por Datura em Cuore —, o álbum está carregado de vozes, meros veículos para comunicar um disco tão emotivo e tão pessoal, mas que não deixa de poder ser dançável e celebratório”, conta a label em comunicado.

“Capaz de se afirmar como um ser emocional, sem qualquer tipo de reservas, MAF encontra o lar nas suas emoções”, flutuando numa “celebração do próprio em forma de canções de alternative R&B nu-disco, ali entre o EDM e o future bass”, avança a Monster Jinx. Por entre as 11 faixas de “Home”, “a voz humana eleva-se para criar bonitas canções”, ao lado de “sintetizadores sedosos ou acutilantes e batidas possantes”.

MAF, ou Majestic As Fuck, é o alter-ego de Pedro Correia, que “durante vários anos apostou no formato EP para expressar a sua veia eletrónica e altamente melódica”. Estreou-se com “Wash” pela neozelandesa Beatdown Bass, em 2017. No ano seguinte, passava pela Moriko Masumi com “Without”, altura em que publicou um trabalho ao lado de Dead End. Antes de se juntar à Monster Jinx em 2019, MAF assinou também ao lado de COLÓNIA CALÚNIA e pela americana DAMN SON!.

O álbum já está disponível no Bandcamp em formato digital ou em vinil de edição limitada, com design da autoria de Ana Types Type.

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p