CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Mandei Drugs na Quarentena” é a nova “sátira política” de DJ Boiler Room

23 Julho, 2021 - 10:29

Saiu esta quarta-feira com carimbo da lisboeta Extended Records.

“O DJ Boiler Room está de volta à Extended Records para apresentar ‘Mandei Drugs na Quarentena’ e, mais uma vez, não veio sozinho”, avança a Extended Records sobre o mais recente disco do autor de “Madonna Vai-te Embora”. São quatro faixas originais e quatro remisturas para mostrar a “maneira humorística com que DJ Boiler Room vê o mundo, abordando temáticas atuais através de sátira política, (…) focando-se agora no estilo de vida pandémico”.

Nas substâncias de DJ Boiler Room, encontram-se “texturas industriais que comunicam umas com as outras em loops pesados” e vocais de Lauryn Hill a cantar Feeling Good “entre um bass groovy e melódico”, além de faixas que elevam a “hostilidade entre o artista e o status quo político”. As remisturas cabem a Mona, peterr, Cigarra e ainda DJ Doraemon, que fecha o alinhamento.

DJ Boiler Room é um dos alter-egos do lisboeta Pedro Henrique, que assina também como Pantera ou No One Cares.

“Mandei Drugs na Quarentena” já está disponível no Bandcamp.

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p