AUTOR

A Cabine

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

Laurel Halo e Donato Dozzy reinterpretam Philip Glass

19 Janeiro, 2021 - 14:58

E Max Cooper volta também a assinar remisturas para este EP.

Duas composições do aclamado compositor e pianista norte-americano Philip Glass foram remisturadas por Bruce Brubaker e Max Cooper em junho do ano passado. Agora, há novos convidados a integrar este trabalho, cujos frutos são “refletidos e refratados de inúmeras formas”, “tornando o disco numa experiência auditiva multidimensional”, pode ler-se em comunicado.

Quem abre este novo “Glassforms Versions” é Donato Dozzy ao lado do seu compatriota percussionista e pianista Daniele di Gregorio. Com eletrónica ambiente imprimida em Two Pages, o italiano diz que “escolheu este tema por causa do sentimento hipnótico na repetição das notas”.

Já a estadunidense Laurel Halo, que passou pela edição online do festival Semibreve este ano, ficou responsável por Opening, num tema que relembra “uma secção de cordas de uma orquestra a afinar os seus violinos antes de uma atuação” e até uma “representação fantasmagórica” do piano de Bruce Brubaker.

O iraniano Tegh sucede Halo com a sua versão de Two Pages, que, segundo comunicado, “mostra o quão versátil e inerentemente complexo é o trabalho de Philip Glass”. A rematar “Glassforms Versions” está Max Cooper com dois novos edits dos temas que haviam surgido já em junho no referido disco “Glassforms”.

O trabalho é lançado em formato digital e em vinil no dia 29 deste mês, mas, à data de publicação, já é possível ouvir a versão que Tegh compôs para este EP, como podes encontrar abaixo.

Fotografia por Camille Blake

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p