AUTOR

Rui Castro

CATEGORIA
Notícias

Deathmachine e Dolphin no Titanic Sur Mer

8 Julho, 2019 - 14:50

Os dois veteranos são os próximos convidados da In Dust, nesta sexta-feira, para uma noite em que o UK Hardcore será rei e senhor.

A estes juntar-se-ão C-Netik e JPS, que irão convergir o seu gosto pelo industrial num b2b inédito, e Viruz, que regressa às atuações após uma breve paragem. O evento acontece entre a meia-noite e as 6h desta sexta-feira 12 no Tinatic Sur Mer, em Lisboa.

Deathmachine era um raver assíduo nos primórdios da cena hardcore, e foi aí que a sua paixão por esta sonoridade despoletou. Começou a misturar em 1998 e, três anos mais tarde, iniciou a sua aventura pela produção, onde tentou capturar e transportar a energia das suas atuações para as suas próprias faixas. O seu som inicial destacava-se pela inclusão de elementos tipicamente britânicos como o breakbeat, que tornavam o seu hardcore techno bem futurista para a época. Em 2009, o artista continuou a evoluir e encontrou a sua progressão natural no crossbreed, um novo género que surgiria a partir da fusão do drum’n’bass mais pesado com o hardcore. Com lançamentos pela The Third Movement, Industrial Strenght Records ou Forbidden Society Records, o britânico foi um dos maiores impulsionadores deste género na época dourada de 2010 a 2014.

O percurso de Dolphin (na fotografia) foi inverso ao de Deathmachine. Iniciou-se na produção em 1986, e, sendo um ávido colecionador de discos, progrediu para a mistura em pleno boom do acid house de 1988. Abriu a 3rd Planet Records em 1994, uma loja de discos que foi uma absoluta referência na cena hardcore. Desde então o seu conhecimento musical e reputação como dj foi crescendo, valendo-lhe atuações nacionais e internacionais. Já editou em variadíssimas editoras como a Deathchant, The Third Movement, ou na sua editora dedicada à vertente mais emotiva do género, a KomKoms. Em 2018 lançou o seu primeiro álbum, Information Assymetry, pela PRSPCT Recordings, que rapidamente se tornou num marco da história do hardcore britânico.

A entrada no evento tem um custo que varia entre os 12€ e os 14€ – mais informações aqui.


Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário


t

o

p