CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Maya”: o novo álbum de John Frusciante inspirado em breakbeat hardcore e jungle

23 Outubro, 2020 - 11:38

O novo trabalho do guitarrista dos Red Hot Chilli Peppers foi lançado esta sexta-feira pela Timesig.

Este é o primeiro álbum instrumental inteiramente dedicado à eletrónica sob o nome próprio do artista. Já conhecíamos um pouco deste seu lado através do alias Trickfinger e até já falámos da sua nova editora, Evar Records, juntamente com Marcia Pina, em abril deste ano.

“Maya” é inspirado nas tendências da música eletrónica como o jungle e breakbeat hardcore dos anos 90 num equilíbrio com a sua composição. Foram usados samplers e outras máquinas de processamento e sintetização de som como, por exemplo, Yamaha DX7. O título, “Maya”, é um tributo à sua falecida gata, que o acompanhou durante 15 anos.

O compositor, para além da sua carreira como guitarrista a solo e nos Red Hot Chilli Peppers, conheceu Aaron Funk em 2003, também conhecido como Venetian Snares, e, juntamente com Chris McDonald, formaram os Speed Dealer Moms. No seu currículo, mesmo antes de Trickfinger e deste “Maya”, Frusciante contava já com toques de eletrónica, como se escuta no álbum de 2012, “Pbx Funicular Intaglio Zone”, que contrasta com discos mais aclamados, como “Curtains”, de 2004, ou “The Empyrean”, de 2009.

John Frusciante admite ainda que, no início, produziu música eletrónica com regras e limitações que tornavam o processo de concluir as faixas complicado. Um ano após estas imposições artísticas e pessoais, decidiu mudar o seu método para conseguir acabar as produções e, eventualmente, lançar este disco. O produtor revela ainda que já não tem o mesmo interesse em escrever como tinha inicialmente e, em vez disso, senta-se à volta da maquinaria em estúdio para compor músicas como as que assinou como Trickfinger – ou neste álbum.

Lançado pela Timesig, editora de Venitian Snares, “Maya” está disponível em vinil e em formato digital.

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p