CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Mirror Man”: está aí o novo álbum de Robert Hood

20 Novembro, 2020 - 10:04

O novo longa-duração do veterano foi editado pela Rekids esta sexta-feira.

Diretamente de Detroit e com selo Rekids, Robert Hood traz-nos “Mirror Man”, um longa-duração com 14 temas originais. Neste trabalho, o artista mostra o seu “talento inato para criar ritmos emparelhados mas complexos, que denotam força e alma”, conta a editora em nota enviada às redações.

Robert Hood dispensa apresentações mas nunca é demais olhar para os seus trinta anos de carreira e relembrar alguns marcos. Considerado um dos pioneiros do techno, fundou os Underground Resistance com Mad Mike Banks e Jeff Mills, no fim dos anos 90. De olhos (e ouvidos) postos na revolução sónica, pavimentou o caminho para o techno minimalista.

Em 1994, lançou “Minimal Nation” pela Axis, um “álbum definitivo que consolidou ainda mais a reputação de Hood como um dos grandes a emergir de Motor City”, lê-se no comunicado. Depois, foi sempre a abrir entre a Tresor e muitas mais. Correu o mundo em tours, até mesmo como Floorplan, ao lado da filha Lyric, e nunca deixou a produção musical de lado.

Agora, no novo álbum, a travessia pelas entranhas das máquinas faz-se através de um espelho. O ritmo flui em quatro por quatro, “potente” e “preciso”, passando pela hipnose de Fear Not, que se ergue com o pulsar do baixo e a espectralidade das vocals. Ignite a War foi “projetada para iluminar pistas de dança”, a par da incisiva The Cure. O equílibrio faz-se com “interlúdios alucinantes de downtempo”, como é o caso de Black Mirror ou até mesmo de Freeze, uma faixa beatless e enevoada.

Conta a label que esta experiência é, do início ao fim, “uma educação em finesse de um dos artistas mais heróicos do techno”. Disponível em formato físico e digital, já podes explorar a mestria de Robert Hood nas habituais plataformas de streaming.

Fotografia por Marie Staggat

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p