AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Notícias

Token Club é inaugurado esta sexta-feira em Albufeira

2 Outubro, 2018 - 12:48

A equipa do Token Club inaugura o novo espaço dedicado à música eletrónica no Algarve este fim de semana, em Albufeira.

Esta sexta-feira, dia 5, o Token Club é inaugurado na Rua Fernão Magalhães, no Lote 21F. Com o objetivo de “voltar a educar as pessoas no Algarve para saírem com critério”, como disse Diogo Lima em declarações à A Cabine, o espaço apresenta-se como uma lufada de ar fresco para as terras algarvias. Por lá, “não existe um único club que se dedique apenas à música eletrónica”, como adiantou Diogo, mas há um ponto de viragem este fim de semana.

Acima de tudo, esta é “a grande paixão” da equipa composta por Diogo e Svet Stoyanov, que tiveram a ideia de arriscar na abertura do Token, com a ajuda de Marcel Uzonj, que vai atuar como relações públicas. Como acrescenta Diogo, “o Algarve foi, em tempos, o epicentro da dance music em Portugal, e infelizmente, nos dias que correm, isso já não acontece”. Daí vem também a motivação dos responsáveis pelo espaço.

Para fazer as honras no dia 5, o Token Club conta com Figueira, que Diogo Lima descreve como “um dj algarvio que anda a lançar cartas”, Délcio, “um amigo de longa data que também ajudou no projeto”, e ainda o próprio Lima, que irá representar o espaço como La Nuit. Mas “a inauguração, na verdade, vai decorrer ao longo do fim de semana, uma dupla jornada” que, no sábado, recebe a dj russa Diana May e o lisboeta da HAYES VIL na cabine do Token.

A cabine, essa, é feita com grades, “um tributo claro ao Tresor”, em Berlim, cidade cujos espaços, como Diogo confessa, influenciaram o Token. Além disso, a organização apostou numa pista “escura, com luzes colocadas apenas em pontos estratégicos, refletindo um pouco daquilo que absorveram da capital alemã”.

Como atrás referido, o Token Club quer trazer alguma “educação” até a região algarvia, isto antes de pensar em afirmar-se “nacional ou internacionalmente”, apesar de a equipa ter em mente “pôr o Algarve no mapa da dance scene novamente”. De resto, “e sem esquecer os locais”, a organização quer levar até Albufeira “o melhor que o nosso país tem”, tentando “encontrar um equilíbrio” nos cartazes, “sejam djs nacionais ou não”.

No Token Club, o menu vai ser “mais housey” à sexta-feira, e de “techno a rasgar” ao sábado. Para estas noites de abertura, a entrada tem um custo de 8€ (com uma bebida de oferta) caso façam parte da guest-list, na qual se devem inscrever através da página oficial de Facebook do clube ou por meio de um dos promotores oficiais.

relacionados

Deixa um comentário



t

o

p