AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Vibra” é o primeiro álbum em nome próprio de JP Coimbra

24 Novembro, 2020 - 17:20

Compositor e letrista dos Mesa, JP Coimbra lança-se agora em nome próprio com “Vibra”.

No seu álbum de estreia em nome próprio, lançado no início deste mês, JP Coimbra não se limita a fundir elementos de música clássica com eletrónica.

Ao longo de 10 temas, com um tempo de rodagem a rondar os 45 minutos, o músico recorre também à “plasticidade” e “características acústicas” de espaços como a Casa da Música, a Fundação de Serralves ou a Estação de Metro do Marquês. Nesses locais, com captação de João Brandão, JP Coimbra contou com o apoio de um quarteto de cordas e de um grupo coral para dar outra pulsação ao disco.

Metade do conhecido duo português Mesa, João Pedro Coimbra já colaborou também com outros projetos, como é caso dos Coldfinger, Osso Vaidoso ou Três Tristes Tigres.

Em entrevista à M80, JP Coimbra disse que já começou a pensar num novo álbum. “Quero muito lançar um novo disco, acho que descobri uma linguagem para mim, em que posso dar continuidade”, confessou o músico. Nessa mesma conversa, Coimbra revelou ainda que um documentário sobre o processo de “Vibra” deve “estar disponível por volta de janeiro ou fevereiro do próximo ano”.

O disco já está à venda nas lojas, mas podes também ouvir “Vibra” através das habituais plataformas de streaming.

Direitos de imagem reservados (fotografia por Bruno Nacarato)

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p