AUTOR

A Cabine

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

“Inocente Indecente”: George Silver edita novo álbum

18 Maio, 2022 - 15:55

O sucessor de “Santo André” estreou na semana passada.

Pouco menos de dois anos após o lançamento do LP de estreia, “Santo André”, George Silver está de regresso aos registos de longa-duração com “Inocente Indecente”. O disco conta com selo da Panama Papers e, por entre os cerca de 36 minutos, escutam-se colaborações com Camila Vale, Bruno Contreira e Tiago Inácio.

Ainda assim, este não deixa de ser um trabalho pessoal. Fruto da Bolsa de Criação da associação OUT.RA, o trabalho é uma “conversa” do músico sobre “criar com a consciência de que já tudo parece ter sido criado, sem que se perca o espanto da revelação”, pode ler-se em comunicado.

Ao longo dos 10 temas, há eletrónica inspirada em inúmeras culturas – o comunicado dá nota para Brasil, África Ocidental e Sudoeste Asiático, bem como para movimentos como synthpunk – e isto seja talvez resultado das raízes e experiências de George Silver. Não é novidade, aliás, que existam estas influências na música deste pseudónimo de André Neves.

Neves assina muitos lançamentos com este nome, como é caso do já referido “Santo André” ou do EP “Coisa Ruim”, mas há muito mais para encontrar no currículo deste artista barreirense. Na música, por exemplo, encontramos o trabalho na Panama Papers, as atuações ou até projetos colaborativos, como AFF, Barata Cósmica ou Lunnar Lhamas.

Com uma capa assinada por Mariana Malheiro, “Inocente Indecente” conta com masterização de Tiago Alves Henriques, da Lisbon Vinyl Cutters. O disco está disponível em todas as plataformas e até em versão física, em vinil, limitada a 300 unidades.

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p