AUTOR

Daniel Duque

CATEGORIA
Lançamento, Notícias

Tempura the Purple Boy veste-se de ambient em “Onirologia III”

6 Janeiro, 2021 - 15:03

O novo trabalho de Tempura the Purple Boy foi lançado pela portuguesa Panama Papers.

O músico Bernardo D’Addario tem assinado temas virados para sonoridades downtempo, mas no final de 2019 já havia mostrado o seu lado ambient com as duas primeiras partes de “Onirologia”, lançadas independentemente no seu Bandcamp. Agora, chega a terceira parte destes “estudos sonoros sobre sonhos que já foram, os que ficaram, e aqueles que mais tarde vieram a materializar-se”.

Todos os cinco temas originais foram escritos, tocados e gravados ao vivo por Bernardo D’Addario, aliás Tempura the Purple Boy, e, à imagem dos dois volumes anteriores, também este trabalho é dedicado à memória de Leonardo Adário. “A natureza etérea e flutuante do sonho é representada aqui pelas camadas profundas de reverberação, pads infinitos interligados com melodias esparsas e um sentimento de nostalgia que toma conta do nosso subconsciente”, pode ler-se nas notas oficiais.

Bernardo D’Addario é um músico e produtor luso-brasileiro que já tocou baixo ao lado de nomes como Dillaz ou Plutónio. No currículo de Tempura the Purple Boy, este novo álbum sucede “Proverbial Microbial”, EP lançado pela Undergarden no final de 2020.

Este é o primeiro lançamento de 2021 da Panama Papers, label portuguesa que editou vários trabalhos no ano transato, como é caso de “SORRIA, ESTÁ A SER MINADO”, de DJ FUK NEWZ, “Parkas”, de The Mayor of Vilnius, ou até “Rave Indicação”, de Lunnar Lhamas.

Com mistura e masterização de Francisco Duque, nos Estúdios Camaleão, e capa desenhada por Gabriel Dau, “Onirologia III” está disponível desde dia 3 no Bandcamp:

Direitos de imagem reservados

relacionados

Deixa um comentário






t

o

p